Skip to main contentExplorer SVG Logo

    Faça login para acessar o programa


  • Login
    Blog

    Voltar

    Data

    04/03/2024

    Autores
    1. Santander X Explorer
    Categorías

    04/03/2024

    Notícia

    4 minutos de leitura

    Como um Coordenador do Santander X Explorer se conecta com os participantes do programa


    Autores
    1. Santander X Explorer
    Categorías

    Álvaro Tomás García é Coordenador do Santander X Explorer na Universidade Complutense de Madri e CEO e cofounder da Paradise Events, o projeto com o qual realizou o programa. Ele está perfeitamente familiarizado com as pains dos participantes.

    Quando começam

    Assim que o programa começa, é aí que começa seu trabalho como coordenador:

    • É importante que os participantes saibam que pertencem a um grupo, que não estão sozinhos. Álvaro dá as boas-vindas a eles com um onboarding presencial em um espaço da universidade.
    • Nesse primeiro dia, ele propõe a eles fazer um pitch sobre seu projeto para tentar reduzir um de seus maiores pesadelos: falar em público sobre sua ideia.

    Essas duas coisas: ver o rosto de outros empreendedores na mesma situação e ter sua ideia apresentada em público é, para a maioria, uma etapa difícil, mas no final do programa de 12 semanas, quando eles fazem um novo pitch, não apenas chegam com mais confiança, mas também comprovam seu progresso.

    Durante o programa

    Álvaro se define como um coordenador um tanto “rude” (“embora na metade do programa os Explorers me agradeçam por ser assim”, diz ele), especialmente quando lhe fazem perguntas técnicas sobre como usar a plataforma, por exemplo. Nesses casos, ele aconselha a “não se acostumar com a ‘resposta rápida’”. Suas dicas nesta seção:

    • Tudo está na Plataforma Explorer. A primeira coisa é encaminhá-los para lá.
    • E, se não, para o grupo do WhatsApp ao qual eles pertencem.
    • Você precisa insistir em que eles façam networking para que possam resolver o problema entre si.

    “​​É assim que o verdadeiro empreendedorismo começa, sendo ‘independente’ e descobrindo as coisas por conta própria. Ao longo do caminho, eles terão muitos apoios e contatos, mas somente eles podem fazer seu projeto decolar e sair do papel”, afirma. E ele nos dá muitas outras dicas.

    Quando precisam de uma equipe…

    “Sem uma equipe, não há futuro em um projeto: mesmo que você seja o melhor chef do mundo, você precisa dos melhores cozinheiros ao seu lado.” O que você precisa fazer para encontrar as pessoas certas? Os conselhos de Álvaro são:

    • Se você estiver fazendo networking, deve tentar fazer com que todo mundo saiba que você está procurando companheiros.
    • Escrever nos grupos de WhatsApp do Santander X Explorer aos quais pertençam é uma das melhores soluções: alguém certamente conseguirá passar um contato.
    • Vá até a faculdade correspondente (por exemplo, se estiver procurando um programador, vá até a faculdade de Ciências da Computação) e coloque um anúncio.
    • Seja muito claro sobre o que vão oferecer (um salário, uma porcentagem da empresa, as condições…), pois essa é a primeira coisa que vão perguntar a você. “Sei que isso é difícil, mas se não (fizer assim), você perderá balas” e as pessoas que poderiam estar interessadas “não verão um projeto sólido”, explica ele.

    Quando eu começar a vender… tenho que abrir minha empresa?

    “Essa é uma pergunta muito comum”. As recomendações de Álvaro nesse caso são:

    • Quando começarem a faturar e, portanto, precisarem se registrar para pagar impostos, deverão primeiro se registrar como autônomos. Cada país tem seus próprios processos para esse registro.
    • Se o negócio for lucrativo e estiver crescendo, a empresa virá em seguida. No entanto, os Explorers devem ser alertados de que, ao se constituírem como empresa, as obrigações fiscais são maiores; mesmo assim, “bendito problema ter de criar uma empresa porque o faturamento está aumentando”, diz o Coordenador do Santander X Explorer na UCM.

    Onde está o financiamento?

    “Keep calm. Primeiro, você precisa conseguir um MVP, consolidar a ideia, criar um forecast para 2, 3 e 5 anos, fazer seu pitch com confiança…”. Álvaro explica que seu conselho é:

    • Dizer a eles que tirem essa etapa da cabeça, pelo menos durante os estágios iniciais de seu empreendimento (por exemplo, durante as 12 semanas de duração do Santander X Explorer). Pensar em financiamento nesse estágio só os levará a pensar em um futuro distante, quando sua ideia nem sequer está consolidada no presente.

    O que acontece se um projeto mudar de nome?

    Spoiler: Está tudo bem. Essa é uma das dúvidas recorrentes. “Eles têm muito medo de mudanças”, explica o coordenador do UCM. Aqui, ele recomenda deixar claro que “é mais importante terminar o programa com todos os entregáveis subidos e o conhecimento adquirido do que um nome. O Santander X Explorer é um espaço para que possamos expor todas as nossas ideias; ninguém vai penalizá-las ou dar-lhes uma bronca se houver uma modificação”.

    Para concluir, Álvaro deixa uma das dicas fundamentais: “É importante dizer a eles que não ser o número um não é um fracasso, que eles devem chegar até o fim para que vejam uma evolução e que não devem desistir ao longo do caminho. Empreender é um trabalho árduo e eles precisam saber disso”, acrescenta. Tome nota dessas palavras e prepare-se para aumentar os níveis de motivação!

    Compartilhar

    Junte-se à comunidade global de empreendedores

    Com o Explorer, você se tornará parte ativa da mudança, lançando projetos que irão impulsionar a sua liberdade financeira.

    Hero image

    Crie sua startup

    O que deve incluir um código de ética

    Crie sua startup
    Hero image

    Notícia

    A Geração Z quer aprender assim. Como nos adaptamos no Explorer?

    Notícia
    CertyChain logo

    Notícia

    CertyChain lança sua campanha de crowdfunding para eliminar a desigualdade nos processos administrativos

    Notícia
    TForesttrainnig logo crowdfunding

    Notícia

    TForesttrainning lança sua campanha de crowdfunding para cuidar dos bombeiros florestais

    Notícia